Notícias

Postado em 19 de Fevereiro às 14h12

Sesi e Simec iniciam agenda de vacinação contra a gripe

A prevenção é um dos caminhos mais indicados para manter a saúde em dia e quanto mais antecipadamente isso ocorre, melhor é. Por isso, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) iniciam neste mês a pré-campanha de vacinação contra a gripe, dirigida aos profissionais e dependentes.

As indústrias associadas ao Simec poderão aderir previamente entre os dias 26 deste mês e 26 de março, mediante cadastramento no site vacinacao.sesisc.org.br, onde também é detalhada a campanha, com respectivas orientações. O Sesi disponibilizará para todo o Estado as primeiras 150 mil doses ao valor individual de R$ 22,50, no caso da vacina trivalente, e de R$ 32,00 para a quadrivalente. Após essa quantidade, o custo será de R$ 33,00 para a vacina trivalente e de R$ 42,00 para a quadrivalente. As empresas que compõem o grupo econômico denominado “não indústria” também poderão aderir ao programa e a data de adesão será definida em março e comunicada previamente.

De acordo com a informação do Sesi, será mantido contato com as empresas para o agendamento de horário destinado à aplicação das vacinas aos funcionários em instalações da própria empresa. Para informações detalhadas, pode ser mantido contato com o Simec, através do telefone (49)3323-3102.

Eficácia e segurança das vacinas
Conforme orientação do Sesi, a maioria das vacinas protege cerca de 90% a 100% das pessoas. O pequeno percentual de não proteção se deve a fatores como o tipo da vacina e o organismo da pessoa vacinada que não produz a resposta imunológica adequada.

Quanto à segurança, ou seja, à garantia de que não vai causar dano à saúde, o site vacinacao.sesisc.org.br detalha que toda a vacina, para ser licenciada no Brasil, passa por rigoroso processo de avaliação, realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esse órgão, regido pelo Ministério da Saúde, analisa os dados das pesquisas, muitas vezes realizadas ao longo de mais de uma década, e que demonstram os resultados de segurança e eficácia da vacina obtidos em estudos com voluntários de vários países. O objetivo, esclarece o Sesi, está em se certificar de que o produto é de fato capaz de prevenir determinada doença sem oferecer risco à saúde.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo de Oliveira-Jornalista/MTb4296RS - 19/02/18


Postado em 08 de Fevereiro às 16h05

Feira de EletroMetalMecânica ocorrerá em Chapecó no próximo mês em período de retomada da economia

Simec - Chapecó/SC A Feira EletroMetalMecânica 2018 ocorrerá em Chapecó no próximo mês, em período de retornada do crescimento econômico e com a perspectiva de atrair 120 expositores, 30% a mais do...

A Feira EletroMetalMecânica 2018 ocorrerá em Chapecó no próximo mês, em período de retornada do crescimento econômico e com a perspectiva de atrair 120 expositores, 30% a mais do que na edição anterior, realizada há quatro anos. O volume de negócios também deve crescer e o público chegar a 20 mil profissionais.

Com a realização do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), a feira será realizada de 6 a 9 de março, no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves. Organizada pela Messe Brasil, sediada em Joinville, especialista em feiras no segmento, a EletroMetalMecânica contará com estrutura para receber expositores e visitantes do Brasil e de outros países e sua programação complementar inclui rodada de negócios, um congresso de tecnologia e a Arena de Robótica.

Para o coordenador geral do evento, empresário Orly Bernardes, a feira permite aos empresários da região, em único ambiente, o acesso facilitado às novas tecnologias e negociações para a renovação dos parques fabris. A sinalização de retomada da economia cria perspectivas ainda melhores, acredita o coordenador: “Os empresários devem voltar a investir e buscar inovações competitivas para os seus negócios, retomando gradativamente o ritmo pleno da produção e crescimento do mercado”.

O diretor da Messe Brasil, Richard Spirandelli, enfatiza a qualificação do parque industrial do Oeste Catarinense. “Essa força contempla uma multiplicidade de pequenas e médias indústrias dos segmentos agropecuário e alimentício, espalhadas em mais de 50 municípios, que buscam a automatização cada vez maior, com um potencial mercado de renovação constante dos parques fabris”, destaca.

Sétima edição
A EletroMetalMecânica sucede a duas feiras anteriores, com seis edições realizadas com a mesma finalidade, de integrar indústrias metalúrgicas, mecânicas e do material elétrico e fornecedores, para mostrar novidades em produtos e serviços e gerar negócios. Foram elas: a Metalplast - Feira de Metalmecânica e Plásticos, que teve edições realizadas de 20 a 22 de maio de 2004, de 19 a 21 de maio de 2005, de 18 a 20 de junho de 2008 e de 16 a 19 de junho de 2010; e a Feira Metalmecânica + Corte e Conformação, que ocorreu de 10 a 13 de julho de 2012 e de 22 a 25 de julho de 2014.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 8/02/18


Postado em 25 de Janeiro às 15h16

EletroMetalMecânica 2018 terá Arena de Robótica

Vivenciar a experiência prática e qualificar nas várias faces da robótica. Essa é uma das finalidades da Arena de Robótica, uma das novidades da EletroMetalMecânica 2018, que ocorrerá de 6 a 9 de março próximo no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó. Além da exposição de máquinas, ferramentas, serviços e soluções para o mercado eletrometalmecânico, em ambiente propício para a realização de negócios, o público poderá experimentar, em único local, as perspectivas da robótica, do ambiente educacional até a robótica industrial presente na indústria 4.0.

A Arena de Robótica contará com a curadoria do Instituto Avançado de Robótica (IAR). Serão evidenciadas inovações tecnológicas que integram conhecimento, automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos de manufatura. A ideia é representar no espaço as cinco áreas da robótica - educacional, industrial, colaborativa, móvel e humanoide.

Na parte educacional, a robótica evidencia que desde a educação infantil é necessário iniciar a formação e o desenvolvimento dos talentos. Por meio da formação em lógica, programação e conceitos tecnológicos, é possível estimular crianças e adolescentes à criatividade e ao desenvolvimento de soluções inovadoras em robótica educacional, empreendedorismo e multidisciplinaridade. Soluções criativas permitem experiências focadas em projetos mecatrônicos, construindo a base para a formação de futuros engenheiros, capazes de vivenciar as necessidades das fábricas inteligentes do amanhã.

Já na robótica industrial, haverá na feira a apresentação de um case prático de indústria que já utiliza os conceitos da indústria 4.0, que permite visualizar ganhos em produtividade e competitividade. A robótica colaborativa vai demonstrar os ganhos superiores de integração das atividades de profissionais e robôs, comparado ao trabalho individualizado, enquanto a robótica móvel demonstrará vantagens da aplicação de soluções inteligentes na logística e no gerenciamento da cadeia produtiva. Para completar as soluções, a robótica humanoide proporciona a experiência do uso de robôs nos mais diversos setores, como educativo, social e de assistência a pessoas com necessidades especiais.

Empresas confirmadas
O Instituto Avançado de Robótica terá na EletroMetalMecânica uma carreta de formação equipada e lançará dois cursos de especialização lato sensu em engenharia robótica e indústria 4.0, focados nas tendências do mercado industrial e na formação de carreiras que são a promessa do futuro. O curso de Engenharia Robótica formará peritos para atuar na indústria de base metalmecânica e em outros segmentos que utilizam manipuladores robóticos.

Já o curso Indústria 4.0 irá focar na formação de especialistas para atuar nesse mercado, originado na Alemanha e presente em países desenvolvidos e que deve se consolidar no Brasil nos próximos 10 anos. O conceito 4.0 engloba as principais inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e tecnologia da informação, aplicadas aos processos de manufatura.

A Robomind, especializada em robótica para o ensino fundamental e médio, apresentará montagens de robôs que trabalham em sala com alunos. Na Arena de Robótica da feira, eles proporcionarão interatividade com os visitantes. O objetivo é evidenciar que o ensino tecnológico, em especial da robótica, pode servir de agente motivador para as novas gerações, despertando, além da curiosidade, soluções de problemas com o uso de tecnologias em sala de aula. O trabalho com a robótica desde a educação básica tem facilitado a adesão de jovens, que antes não tinham ideia do que estudar, para seguir carreira nessa área e perceber que as tecnologias, em especial a robótica e automação industrial, têm um impacto direto na própria vida e da comunidade onde estão inseridos.

Promoção, organização e apoio
A EletroMetalMecânica 2018 é promovida pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) e organizada pela Messe Brasil. Tem o apoio da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais (Abimei), Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Associação Empresarial Eletro, Metal e Mecânica do Oeste de Santa Catarina, Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Universidade do Oeste/Campus Chapecó e Prefeitura Municipal de Chapecó.


EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 25/01/18

Assessoria de Imprensa – Messe Brasil - Simone Hülse Feuser (MTB/SC 000897)
 


Postado em 25 de Janeiro às 13h45

Empresas eletrometalmecânicas podem recolher contribuição sindical até dia 31

As empresas do setor eletrometalmecânico podem proceder o recolhimento da contribuição sindical até a próxima quarta-feira, 31 de janeiro. A orientação é do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) para as empresas do setor, sejam associadas ou não. O recolhimento dessa contribuição passou a ser facultativo desde que houve mudanças com a Reforma Trabalhista, pela lei 13.467/17, que também instituiu alterações em artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Em vista desse caráter opcional, o Simec está motivando as empresas - associadas ou não -, para que recolham a contribuição, devido à importância de tais recursos para o trabalho da entidade em favor do segmento. Seu presidente, Adilson Campos, afirma que a contribuição sindical “é uma fonte para que o Simec realize iniciativas como a negociação de convenções e acordos coletivos de trabalho, que impactam em todo o setor, bem como mantenha assessorias, consultorias e convênios, cursos e palestras, benefícios que há vários anos têm servido como apoio à gestão das empresas”.

A impressão da guia de recolhimento da contribuição sindical, pelas empresas ou por seus contadores, pode ser feita no site www.fiesc.com.br, na barra de “menus”/Sindicatos/Contribuição Sindical. Logo após aparecerá uma tela de informações, onde consta para clicar e emitir a guia, também com a tabela da contribuição sindical.

Emissão da guia
Para emitir a guia é necessário o CNPJ da empresa, selecionar a cidade do contribuinte, o grupo econômico indústria metalúrgica, mecânica e do material elétrico, a categoria econômica e identificar o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó. Caso os dados da empresa não estejam cadastrados, é necessário preenchê-los e então emitir guia.

O valor a ser recolhido é calculado com base no capital social da empresa, conforme tabela da CNI, aplicável neste mês, observadas as orientações da guia. O recolhimento pode ser feito na Caixa Econômica ou em estabelecimento bancário integrante do sistema de arrecadação dos tributos federais. Em caso de dúvidas, pode ser mantido contato com a secretaria do Simec, pelo telefone (49)3323-3102 ou pelo e-mail simec@simeconline.org.br.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 25/01/18