Notícias

Postado em 03 de Janeiro às 15h31

EletroMetalMecânica 2018 tem expectativa de atrair 120 expositores

Depois de quatro edições, com a denominação de Metalplast - Feira de Metalmecânica e Plásticos, em 2004, 2005, 2008 e 2010, e duas como Feira Metalmecânica + Corte e Conformação, em 2012 e 2014, uma expo-feira do segmento voltará a ocorrer em Chapecó. A Feira EletroMetalMecânica 2018 será realizada 6 a 9 de março próximo, no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves.

O evento, que tem a promoção do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), possui como principal objetivo promover as indústrias do Oeste do Estado e apresentar novas tecnologias para atualização do parque fabril metal-mecânico da região. A feira foi redesenhada com a experiência da nova empresa organizadora, a Messe Brasil, sediada em Joinville.

“A força da região Oeste de Santa Catarina vem de uma multiplicidade de pequenas e médias empresas espalhadas por mais de 50 municípios, uma força consumidora de máquinas, insumos e equipamentos que atendem à indústria agropecuária e alimentícia, cada vez mais mecanizada e automatizada”, explica Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil. Argumenta que Chapecó é um polo econômico do Oeste e concentra boa parte das empresas, empregos e produção regional, com as sedes das principais empresas processadoras e ex-portadoras de carnes de suínos, de aves e derivados do Brasil.

A expectativa dos organizadores é de reunir 120 expositores e um público de 20 mil profissionais em quatro dias de feira. A edição também terá estrutura para receber expositores e visitantes de outros países. Para complementar o evento estão na programação uma rodada de negócios e o Congresso de Tecnologia para a Indústria Eletrometalmecânica.

Setores em exposição

Peças usinadas, moldes, matrizes e dispositivos, matérias-primas como aço inox, aços em geral e não ferrosos, prensas, máquinas e equipamentos para corte e conformação, ferramentais para estamparia, tintas industriais, tratamento térmico e de superfícies fazem parte dos setores que estarão na feira. Haverá, ainda, fornecedores de automação industrial e controle de processos, máquinas para fundição, equipamentos e insumos de solda e caldeiraria, máquinas para indústria plástica e borracha, máquinas ferramenta e periféricos, ferramentas de corte, lubrificantes industriais, hidráulica e pneumática, bombas e válvulas, compressores, cilindros e equipamentos, motores, acoplamentos, redutores e engrenagens, entre outros.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 3/01/18


Postado em 18 de Dezembro de 2017 às 15h32

EletroMetalMecânica 2018 atrai diversificados fornecedores

Novas tecnologias para a atualização do parque fabril metalmecânico da região, com diversidade de produtos e serviços proporcionados por expositores de reconhecidas marcas. Isso é o que irá apresentar a Feira EletroMetalMecânica, marcada para o período de 6 a 9 de Março de 2018, em Chapecó. A promoção é do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Material Elétrico de Chapecó (Simec) e a organização está sob a responsabilidade da Messe Brasil, de Joinville.

Entre as marcas confirmadas, está a Eletro Nacional, especializada na distribuição e serviços de materiais elétricos e de automação industrial, que mostrará na feira sensores de nível e ultrassônico para medição de nível. Os produtos são utilizados para diferentes aplicações de medição de líquidos e sólidos, sem necessidade de contato físico com as substâncias, atendendo medição de nível em tanques, reservatórios ou silos, abertos ou fechados. As principais representadas da Eletro Nacional são Sense, Gefran do Brasil, Exacta e Siemens. Para os serviços de assistência técnica, oferecidos aos clientes, conta com a unidade Sengetec, incluindo manutenção, montagem e calibração de equipamentos eletrônicos industriais. As soluções são personalizadas de acordo com a demanda e necessidades do cliente.

Oferecer a quantidade certa de produtos conforme a necessidade do cliente, para evitar desperdícios e custos desnecessários e aumentar a produtividade, são diferenciais da Inox do Brasil. A empresa participará da EletroMetalMecânica com sua gama de produtos em aço inoxidável abrangendo chapas, barras, tubos, conexões e acessórios. As opções em chapas incluem diferentes tamanhos e espessuras para aplicações variadas. As barras podem ser solicitadas em formatos redondos, quadrados, sextavados e retangulares. Os tubos estão disponíveis em formatos OD, quadrados, retangulares e Schedule. As conexões podem ser roscadas ou soldáveis, com os mais variados diâmetros. Os acessórios foram desenvolvidos para facilitar o trabalho dos clientes na criação e montagem de peças. A empresa atende principalmente os segmentos químico, mineração, náutico, metalúrgico, hospitalar, alimentício, têxtil e usinagem.

Distribuidor autorizado da Kennametal no mercado catarinense, a Kennatech destaca no evento os diferenciais técnicos das ferramentas de corte nas linhas de torneamento, fresamento, furação e sistemas. Entre os destaques está a linha KSEM, com broca de aço e ponta de metal duro que tem a performance equivalente a uma broca integral de metal duro. Entre as vantagens dos corpos de aço está a confiabilidade da furação, com vida útil da ferramenta ampliada, mesmo em condições mais exigentes.

A BeyondEvolution é a nova ferramenta de torneamento de aresta única para corte e canal. Seu inserto possui três superfícies de contato com o suporte que somadas à refrigeração direcionada para a área de corte (por baixo do cavaco gerado), controla a temperatura e oferece estabilidade operacional superior, minimizando a vibração.

A Mill4-11 é uma ferramenta positiva de fresamento que conta com quatro arestas de corte e proporciona reais 90º (com profundidade de corte de até 6,5mm). Muitas vezes, elimina a necessidade da ferramenta de acabamento na parede fresada. Em desbaste pode ser usada com profundidade de corte máxima de 11mm. Os cabeçotes estão disponíveis de Ø16mm até Ø80mm. A Mill-16 é uma ferramenta negativa de fresamento à 45º para desbaste de ferro fundido com 16 arestas de corte, as quais trabalham com profundidade de até 5,5mm e proporcionam ótima relação custo-benefício. As soluções da Kennatech oferecem alta performance em metal duro para usinagem em geral, uso em tornos, fresadoras e centros de usinagem.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 18/12/17


Postado em 18 de Dezembro de 2017 às 15h06

Resultados comuns

Simec - Chapecó/SC Há dois anos assumíamos a gestão do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) dentro do compromisso de elevar o nome da...

Há dois anos assumíamos a gestão do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) dentro do compromisso de elevar o nome da entidade e promover ações para ampliar sua representatividade. Mais do que isso, assumíamos com o intuito de promover iniciativas que fossem de encontro às necessidades deste setor tão significativo para a economia da região, de Santa Catarina e do país. Agora finalizamos a gestão, no próximo dia 31 de dezembro, confiantes de que o trabalho realizado nos integrou mais e nos fez crescer como segmento que produz, gera empregos e é um dos mais expressivos do Oeste Catarinense.

Entre outras ações, foram implantados os encontros regionais, que serviram para aproximar os empresários filiados de outras cidades e motivar para a participação daqueles que ainda não se fazem presentes, bem como para a apresentação quanto à importância do sin-dicato. Outra iniciativa que congregou o setor compreende os encontros setoriais, nas diversas áreas que participam do Simec. Serviram para o alinhamento, deixando os empresários de se verem como meros concorrentes, mas sim vendo-se como integrantes de interesses comuns, com a necessidade de estabelecer discussões específicas, sem medo de concorrer no mercado. Já com as visitas técnicas, foi possível conhecer mais especificamente algumas empresas e o que produzem, para termos conhecimento mais exato de nossas potencialidades, bem como das possibilidades de atuar em parceria.

Além dessas, outras ações ocorreram, em benefício dos associados, como é o caso de palestras e a manutenção e ampliação de convênios. Todos foram feitos que tiveram o apoio de inúmeras pessoas, por isso o nosso agradecimento a todos os membros da diretoria do mandato 2016/2017. Enfrentamos turbulências, na economia e na política, que felizmente estão ficando para trás, mas a participação dos diretores e conselheiros nos ajudou a conduzir de forma harmônica o Simec.

Atuar numa entidade representativa como o Simec representa um compromisso elevado, ao qual nos dedicamos, pensamos coletivamente e também aprendemos. Por isso, o nosso agradecimento a todos, bem como aos associados, às funcionárias e aos assessores do Simec.

Em todas as reuniões que participamos, pela presença nos encontros mensais da Fiesc, pela participação no Centro Empresarial de Chapecó e pelas parcerias existentes e que nos levaram ao relacionamento mais estreito - como com o Sesi, o Senai, o Instituto Federal e universidades -, estivemos mais atentos para nossas necessidades. Estivemos, também, mais atentos para estabelecer cobranças às autoridades, porque produzimos e delas necessitamos muito mais.

A todos os novos dirigentes e conselheiros, o desejo de que o trabalho de cada um seja profícuo e nosso setor continue crescendo. Para tanto, é primordial a união, a integração e a participação dos associados, pois labutamos por objetivos comuns, e com o Simec forte sempre teremos empresas fortes, e vice-versa. Assim, todos os resultados serão comuns.

Mário Luís Nóri de Oliveira,
presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec); membro do Conselho Empresarial de Chapecó 

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 18/12/17


Postado em 18 de Dezembro de 2017 às 15h06

Resultados comuns