Notícias

Postado em 06 de Março às 16h57

Arena de Robótica permite na Eletrometalmecânica vivência prática em diferentes áreas

Simec - Chapecó/SC Vivenciar a experiência prática e qualificar-se nas “várias faces da robótica” dentro de uma arena de robótica é uma inovação na Eletrometalmecânica...

Vivenciar a experiência prática e qualificar-se nas “várias faces da robótica” dentro de uma arena de robótica é uma inovação na Eletrometalmecânica 2018. Além da exposição de máquinas, ferramentas, serviços e soluções para o mercado eletrometalmecânico, em ambiente propício para realização de negócios, o público pode experimentar em um único local as perspectivas da robótica, a começar pelo ambiente educacional até a robótica industrial, presente na indústria 4.0.

A Arena de Robótica, que apresenta na Eletrometalmecânica a primeira unidade móvel de treinamento com alta tecnologia do Brasil, conta com a curadoria do Instituto Avançado de Robótica (IAR) e demonstra as inovações tecnológicas que integram conhecimento, automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos de manufatura. A ideia é representar no espaço as cinco áreas da robótica - educacional, industrial, colaborativa, móvel e humanoide.

A programação de palestras prevê para esta quarta-feira, às 15h, o tema “Garras: o uso de garras colaborativas nos processos produtivos”, com Júlio Del Valle, coordenador de aplicações da Schunk. Às 16h o tema “Robótica na educação básica” será abordado por Gracielle Paris, pedagoga, especialista em gestão escolar da Robomind, enquanto às 17h, Rogério Vitalli, diretor do I.A.R. falará sobre “Cobots: Robôs Colaborativos Industriais”.

Para quinta-feira a programação de palestras é a seguinte: 15h - “A flexibilização dos processos produtivos através de acessórios para robôs”, com Júlio Del Valle; 16h - “Pós-graduação I.A.R.: Engenharia Robótica e Indústria 4.0”, com Rogério Vitalli; 17h - “A neurociência e a educação tecnológica”, com Gracielle Paris; 18h - “A visão da Schunk Intec BR sobre os conceitos e aplicações da Indústria 4.0”, com Júlio Del Valle; e 19h - “A formação profissional do robotista para a Indústria 4.0”, com Rogério Vitalli.

Áreas da robótica
A robótica educacional evidencia que desde a educação infantil é necessário iniciar a formação e o desenvolvimento dos talentos na área de robótica. Por meio da formação em lógica, programação e conceitos tecnológicos, é possível estimular crianças e adolescentes à criatividade e ao desenvolvimento de soluções inovadoras na área de robótica educacional, empreendedorismo e multidisciplinaridade. Soluções criativas permitem experiências focadas em projetos mecatrônicos, construindo a base para a formação de futuros engenheiros, capazes de vivenciar as necessidades das fábricas inteligentes do amanhã.

A robótica industrial tem um case prático de uma indústria que já utiliza os conceitos da indústria 4.0, que permite visualizar ganhos em produtividade e competitividade. A robótica colaborativa vai demonstrar os ganhos superiores de integração das atividades de profissionais e robôs, comparado ao trabalho individualizado. A robótica móvel demonstra as vantagens da aplicação de soluções inteligentes na logística e no gerenciamento da cadeia produtiva. Para completar as soluções, a robótica humanoide proporciona a experiência do uso de robôs nos mais diversos setores, como educativo, social e de assistência a pessoas com necessidades especiais.

Sobre as empresas
O IAR uma Unidade Móvel adaptada à indústria 4.0 (indústria avançada) de formação equipada dentro da Arena de Robótica para demonstrações práticas. Apresenta a escola de robotistas e a pós-graduação Latu Sensu em Engenharia Robótica®, focados nas tendências do mercado industrial e na formação de carreiras que são a promessa do futuro. As especializações lato senso de indústria 4.0 e de engenharia robótica® formará peritos para atuar na indústria de base metalmecânica e em outros segmentos que utilizam manipuladores robóticos. O IAR já fechou parceria com a Unoesc e pretende oferecer a pós-graduação no segundo semestre de 2018 através de um convênio de cooperação tecnológica já assinado.

A Schunk, empresa multinacional familiar alemã, líder competente em sistemas de garras e tecnologia de fixação traz, pela primeira vez, para Chapecó, sua linha de produtos de automação visando apresentar para a região equipamentos inteligentes que auxiliam no aumento da produtividade da indústria, durante a Feira. “A região de Chapecó é uma nova área de vendas para a Schunk, porém, com muito potencial. Os empresários locais estão vendo as vantagens da automatização dos processos fabris, com objetivo do aumento da produtividade.”, afirma o diretor da subsidiária brasileira da Schunk, Mairon Anthero. Para a Arena de Robótica a Schunk levará seus principais produtos da linha de automação, como as garras PGN+ e PGN+P, troca rápida para robô, módulos de giro, unidades de compensação, sensores de colisão, unidade de Pick and Place, entre outros. “Nesta feira, nosso foco será a Indústria 4.0, onde mostraremos sobre como flexibilizar a linha de produção.”, finaliza o coordenador de aplicações da Schunk, Júlio Del Valle, que representará a multinacional no evento.

A Robomind, especializada em robótica para o ensino fundamental e médio, leva montagens de robôs que trabalha em sala com alunos, e proporcionam interatividade com os visitantes na Arena de Robótica. O objetivo é evidenciar que o ensino tecnológico, em especial da robótica pode servir de agente motivador para as novas gerações despertando, além da curiosidade, soluções de problemas utilizando as tecnologias apresentadas em sala de aula. O trabalho com a robótica desde a educação básica tem facilitado a adesão de jovens, que antes não tinham ideia do que estudar, a seguir carreira seguir nessa área e perceber que as tecnologias, em especial, robótica e automação industrial tem um impacto direto na própria vida e da comunidade onde estão inseridos.

A Yaskawa Motoman, uma das maiores empresas de robótica industrial do mundo, fará uma demonstração prática sobre automação robotizada com o uso de seus robôs e suas aplicações. Serão demonstradas duas células robóticas que estarão em funcionamento durante todo o evento junto com um robô colaborativo. A célula de Usinagem com Spindle Pneumático e Corte Ultrassônico executado pelo robô MH24 e o controlador DX200. A célula de Solda MIG Sincronizada será demonstrada pelo robô MA1440 e o Posicionador MH505 com controlador DX200, executando uma solda de escapamento de veículo para processo MIG ou MAG. A Yaskawa Motoman dispõe de mais de 150 modelos de robôs e soma mais de 360.000 robôs em uso em indústrias em todo mundo, nas mais diferentes funções produtivas. Das indústrias atendidas destacam-se os segmentos automotivo, autopeças, linha branca, alimentício e farmacêutico.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 6/03/18

Assessoria de Imprensa – Messe Brasil - Simone Hülse Feuser (MTB/SC 000897)


Postado em 06 de Março às 16h53

Rodada de negócios reúne indústrias e compradores na Eletrometalmecânica

Para ampliar as relações de oferta e fornecimento de produtos e serviços durante a Feira Eletrometalmecânica, que ocorre em Chapecó até sexta-feira, 9 de março, a programação inclui para esta quarta, dia 7, a Rodada de Negócios do Setor Eletrometalmecânico. Com a participação de cerca de 40 fornecedores, a iniciativa está programada para a tarde desta quarta-feira, no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves.

Na rodada, estarão presentes grandes indústrias consumidoras de matérias-primas, máquinas, equipamentos e serviços relacionados ao setor eletrometalmecânico. Entre as compradoras confirmadas estão: Aço Perfil, BRF Brasil, Dal Pont Otimização Industrial, Eletro Service Instalações Industriais, Energytek, Ibraflex Industrial, Indemafri Industrial, Jandrigues Utensílios, Montemil Industrial, Plasmetal Tecnologia Industrial, Rotoline Equipamentos Industriais, Silveira Industrial, Usinox Centro de Usinagem Industrial e Zatti Indústria.

A participação na rodada de negócios auxilia as indústrias na identificação, captação de novos fornecedores, na possibilidade de contato direto com grandes empresas e em oportunidades de realização rápida de negócios. Além disso, a rodada proporciona a troca de informações, o conhecimento quanto a novos produtos que otimizam tempo e recursos, fornece parcerias e intercâmbios em âmbito nacional e aumenta a competitividade dos negócios.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 6/03/18

Assessoria de Imprensa – Messe Brasil - Simone Hülse Feuser (MTB/SC 000897)


Postado em 06 de Março às 16h49

Eletrometalmecânica tem rodada de negócios, Arena de Robótica e congresso de tecnologia

Simec - Chapecó/SC A programação da Feira e Congresso de Tecnologia para a Indústria Eletrometalmecânica prossegue nesta quarta-feira, 7 de março, em Chapecó, com rodada de negócios e palestras na...

A programação da Feira e Congresso de Tecnologia para a Indústria Eletrometalmecânica prossegue nesta quarta-feira, 7 de março, em Chapecó, com rodada de negócios e palestras na Arena de Robótica e no congresso de tecnologia. Aberta nesta terça-feira, no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves, a Eletrometalmecânica 2018 irá até sexta-feira, numa iniciativa do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec).

Na abertura do evento, seu coordenador, Orly Bernardes, destacou a relevância de organizar a feira com expositores da maior representatividade e a importância de atrair visitantes para que verifiquem as inovações. Também destacou a coragem dos expositores e a confiança em resultados positivos, num momento de melhora na economia. Já o presidente do Simec, Adilson Campos, lembrou que a feira impulsiona um setor da economia regional que mais tem crescido nos últimos anos. Especificou que a indústria metalmecânica regional do Oeste responde por 14% dos estabelecimentos industriais do setor no Estado e por 9% da geração setorial de empregos.

Responsável pela organização do evento, Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil, assinalou a presença de 120 expositores, com 180 marcas, com produtos e serviços normalmente vistos em eventos nos grandes centros do país ou no exterior. Avaliou que feira é uma ferramenta de negócios ou de abertura de negociação, via contato pessoal, relacionamento e credibilidade. Por sua vez, o prefeito Luciano Buligon destacou as potencialidades do município e a relação estreita entre o poder público e a iniciativa privada. Também fez referência ao nível da mostra e à audácia e empreendedorismo dos empresários.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 6/03/18


Postado em 05 de Março às 15h18

Eletrometalmecânica mostra inovações em produtos e serviços desta terça até sexta

Simec - Chapecó/SC Um dos setores da economia regional que possui maior expressividade tem a partir desta terça-feira, 6 de março, a primeira feira de negócios do ano em Chapecó. Às 14h abre no pavilhão...

Um dos setores da economia regional que possui maior expressividade tem a partir desta terça-feira, 6 de março, a primeira feira de negócios do ano em Chapecó. Às 14h abre no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves a Eletrometalmecânica 2018, que irá até sexta-feira, numa iniciativa do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec). A Feira e Congresso de Tecnologia para a Indústria Eletrometalmecânica mostrará inovações em produtos e serviços, através de 120 empresas expositoras de renome nacional, de palestras técnicas e da Arena de Robótica, além de apresentar na programação uma rodada de negócios.

Com organização da Messe Brasil, a feira tem o patrocínio do Badesc e da Caixa Econômica Federal, que terão no evento estandes para atendimento. Os apoiadores são a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais (Abimei), Associação Empresarial Eletro, Metal e Mecânica do Oeste de Santa Catarina, Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Universidade do Oeste/Campus Chapecó e Prefeitura Municipal de Chapecó.

O presidente do Simec, Adilson Campos, destaca que “o evento é uma rica oportunidade para que as empresas do setor acompanhem a mais moderna tecnologia e promovam atualização em termos de processos”. Nesse sentido, o dirigente destaca a importância dos empresários do segmento acompanharem a feira e liberarem seus funcionários para estarem presentes, num evento aqui realizado nos mesmos patamares de outras iniciativas que ocor-rem nos grandes centros, especialmente São Paulo.

Já o coordenador geral da mostra, Orly Bernardes, assinala a variedade de máquinas e equipamentos que terão apresentação, juntamente com a atualização por meio de palestras. Lembra que serão discutidos temas pertinentes para o momento do setor eletrometalmecânico, como indústria 4.0, inovação e automação, propriedade intelectual, robótica e exportação. “A feira permite aos empresários da região o acesso facilitado às novas tecnologias e negociações para renovação dos parques fabris, concentradas em um único ambiente”, argumenta Orly.

Congresso promove o conhecimento
Associar o conhecimento aos negócios e à inovação é um dos objetivos da Eletrometalmecânica. Para tanto, o congresso técnico que integra a programação tem a parceria da Unoesc Chapecó e do Senai, com a temática “Eletrometalmecânica - Conhecimento e Network”. Para oportunizar aos expositores e visitantes um local de qualificação e atualiza-ção, além de ampliar a rede de relacionamento, haverá quatro palestras. Nesta terça-feira, às 19h, o tema será “Agir 4.0 - Como Aplicar Indústria 4.0 em sua Empresa”, com Jefferson de Oliveira Gomes, diretor Regional do Senai/SC e professor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Na quarta-feira, no mesmo horário, a palestra será sobre “Inovação na Automação - IIoT + Indústria 4.0”, com Marcílio Viana Pongitori, diretor da Dynamis Automação e Cursos e presidente da Sociedade Internacional de Automação (ISA/Seção Campinas. Já na quinta-feira, dia 8 de março, estão programadas apresentações sobre o tema “Inovação eficiente: a propriedade intelectual como ferramenta para inovar no setor metalmecânico”, com membros do Programa de Proteção Intelectual (Printe/Facisc) e “Programa de qualificação para Exportação/Peiex, oportunidades para o setor metalmecânico”, por representantes do Núcleo Operacional Peiex Chapecó.

Ainda na programação, entre os dias 6 e 9 estará presente, no período vespertino, a Unidade Móvel Senai, com minipalestras, minicursos e demonstrações, com temas como CLP Avançado e Programação em Robótica Industrial.

Rodada foca em negócios
Para ampliar as relações de oferta e fornecimento de produtos e serviços durante a Eletrometalmecânica, acontece a Rodada de Negócios do Setor Eletrometalmecânico. Dentro da programação do evento, ocorre quarta-feira, dia 7.

A participação na rodada de negócios auxiliará as indústrias na identificação, captação de novos fornecedores, na possibilidade de contato direto com grandes empresas e em oportunidades de realização rápida de negócios. Além disso, proporcionará a troca de informações, o conhecimento quanto a novos produtos que otimizam tempo e recursos, fornecerá parcerias e intercâmbios em âmbito nacional e aumentará a competitividade dos negócios.

Na robótica, as perspectivas
Vivenciar a experiência prática e qualificar nas várias faces da robótica. Essa é uma das finalidades da Arena de Robótica, uma das novidades da Eletrometalmecânica. Além da exposição de máquinas, ferramentas, serviços e soluções para o mercado eletrometalmecânico, em ambiente propício para a realização de negócios, o público poderá experimentar, em único local, as perspectivas da robótica, do ambiente educacional até a robótica industrial presente na indústria 4.0.

Com a curadoria do Instituto Avançado de Robótica (IAR), serão evidenciadas inovações tecnológicas que integram conhecimento, automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos de manufatura.

Credenciamento
A EletroMetalMecânica tem horário de visitação das 14h às 21h, com acesso gratuito, mas é necessário efetuar o credenciamento. Isso pode ser feito previamente no site www.eletrometalmecanica.com.br ou durante o evento na secretaria da feira.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 5/03/18