(49) 3323 3102
simec@simeconline.org.br
Notícias
Simec
Seja um
Associado

Notícias

Postado em 01 de Julho às 14h51

SIMEC CONSTITUI COMITÊ PARA TRATAR DA RELAÇÃO COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO

A necessidade de manter relacionamento mais estreito com as instituições de ensino, para que o preparo de recursos humanos seja feito de maneira mais coerente com as demandas que as indústrias eletrometalmecânicas apresentam. Dentro desse preceito, o Sindicato Empresarial das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico da Região de Chapecó (Simec) constituiu o Comitê de Relações com Instituições de Ensino.
A iniciativa tem como finalidade discutir os cursos de formação e aperfeiçoamento de pessoal oferecidos pelas instituições de ensino que atuam em Chapecó, seja em nível técnico, como Senai e Instituto Federal de Santa Catarina, ou no âmbito superior, pelas universidades. Um dos argumentos é de que muitos profissionais formados ou aperfeiçoados não apresentam algumas competências necessárias às empresas, entre elas cooperação, iniciativa e vivência prática. Para o presidente do Simec, Nei Roberto Hermes, a formação de pessoal precisa estar de acordo com as oportunidades que há nas empresas, sob pena de não gerar resultados inclusive para os estudantes em termos de ocupação no mercado.
O QUE PODERÁ SER FEITO
Entre as metas previstas para o comitê, que tem como coordenador o empresário Fábio Araldi Petik, está a realização de reuniões, a partir das quais serão transmitidos posicionamentos aos associados do Simec e às próprias instituições de ensino. Uma das avaliações prévias é de que os cursos são extensos em demasia, mesmo através de conteúdos importantes, mas poderiam ocorrer com menor carga horária e mais objetividade, mediante menos horas para teoria e mais tempo às práticas.
Outra situação levantada está no fato de que, atualmente, as empresas eletrometalmecânicas necessitam mais é de pessoal com formação técnica, enquanto instituições que atuam nessa área têm priorizado cursos de graduação. Uma das possibilidades levantadas, nesse sentido, é de que os cursos técnicos poderão ter imersão nas empresas, como forma de despertar maior interesse e visão da realidade por parte dos alunos, especifica Fábio Petik. Com isso, também os professores teriam maior proximidade com as empresas, de forma a conhecer o trabalho no dia a dia. Além disso, os próprios empresários, muitos deles com amplo conhecimento e formação nas áreas de interesse de formação para a indústria, poderão fazer palestras e mostrar na prática o trabalho necessário dentro das empresas.

EXTRA COMUNICA ? Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS ? 01/07/2021

Veja também

Entrevista - Presidente do Simec avalia perspectivas do setor eletrometalmecânico em 2016 18/01/16    O empresário e engenheiro mecânico Mário Luís Nóri de Oliveira é o novo presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) desde 01 de janeiro. Residente em Chapecó há 19 anos, onde dirige a Indemafri Indústria Mecânica, ele é um paulistano da......
Sesi e Simec realizam campanha de vacinação06/03/19 A prevenção contra a gripe passa obrigatoriamente pela vacina. Por isso, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó......

Voltar para (Notícias)