Notícias

Postado em 21 de Março às 15h00

Indústrias eletrometalmecânicas podem aderir à campanha contra gripe

Ao invadir o organismo, bactérias e vírus atacam as células e se multiplicam. Para controlar e eliminar as doenças infecciosas, existem poderosas ferramentas chamadas vacinas. Por isso, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) realizam a campanha de vacinação contra a gripe, dirigida aos profissionais e dependentes.

As indústrias associadas ao Simec podem aderir à campanha até esta segunda-feira, 26 de março. Para tanto, devem efetuar o cadastramento no site vacinaçã.sesisc.org.br, onde também é detalhada a campanha, com respectivas orientações. O custo individual é de R$ 33,00 para a vacina trivalente e de R$ 42,00 para a quadrivalente. Depois do cadastramento, será mantido contato com as empresas para o agendamento de horário destinado à aplicação das vacinas aos funcionários. Essa aplicação ocorrerá em instalações da própria empresa que fizer a inscrição.

Milhões de mortes evitadas 
Conforme cartilha organizada pelo Sesi, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que de dois a três milhões de mortes a cada ano sejam evitadas pela vacinação e garante ser a imunização um dos investimentos em saúde que oferecem o melhor custo-efetividade. Isso significa que as vacinas possibilitam excelente resultado de prevenção a baixo custo, quando comparadas com outras medidas.

Outra indicação do Sesi é de que o sistema imune também tem a capacidade de se lembrar das ameaças já combatidas, por isso, sempre que os mesmos agentes infeccio-sos entram em contato com o organismo, o complexo processo de proteção é reativado. Em alguns casos, a memória imunológica é tão eficiente que não deixa uma doença ocorrer mais de uma vez na mesma pessoa, como é o caso do sarampo e catapora (varicela). Entretanto, no caso da doença meningocócica, da difteria, do tétano e da coqueluche, tanto as infecções quanto as vacinas que as previnem não geram proteção para toda a vida, por isso são necessárias doses de reforço de algumas vacinas.

Indicação e contraindicação 
A vacina contra a gripe influenza, de acordo com orientação do Sesi, é indicada para todas as pessoas a partir de seis meses de vida, principalmente aquelas de maior risco para infecções respiratórias, que podem ter complicações e a forma grave da doença. Já a contraindicação é para pessoas com alergia grave (anafilaxia), a ovo de galinha, ou a algum componente da vacina. 

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo de Oliveira-Jornalista/MTb4296RS - 21/03/18

Veja também

Aspectos do eSocial esclarecidos em palestra no Simec29/05 O eSocial contribui para otimizar a gestão da empresa, conjuga a escrituração da folha de pagamento e uniformiza obrigações trabalhistas e tributárias dos empregados e estabelece pleno controle da fiscalização. Esses foram enfoques apresentados na palestra sobre o eSocial, realizada nesta segunda-feira, 28 de maio, pelo Sindicato das Indústrias......
Fiesc apresenta carta da indústria a candidatos15/08/14      A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) divulgou uma carta em que apresenta reivindicações para os candidatos ao governo do Estado. O texto questiona quais medidas podem ser adotadas com......
Curso de formação de auditor interno ocorrerá no Simec18/04/17 Habilitar os participantes para realizar auditorias internas em Sistemas de Gestão de Qualidade, de acordo com a nova norma da ABNT NBR e ISO 9001:2015. Esse é o objetivo do curso de auditor interno, que será realizado no auditório......

Voltar para Notícias