Notícias

Postado em 08 de Agosto de 2018 às 10h32

Todos são a favor da inovação, mas há empresas que não prezam por isso, destaca especialista

Diálogo para inovação foi tema de workshop realizado nesta terça-feira, 7 de agosto, em Chapecó. Numa iniciativa conjunta do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SC), entidade do Sistema Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) e do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), o especialista em gestão empresarial e superintendente do IEL/SC, Natalino Uggioni, dialogou sobre o assunto com empresários e outros profissionais.

Uggioni começou detalhando que no aspecto causa x efeito a inovação é o efeito da evolução das empresas e nada mais é do que um auxílio para organização. Ele citou que há dois tipos de inovação mais usados nas empresas: a inovação incremental e radical. Quanto a isso, destacou que a tecnologia incremental inclui algo novo aos poucos e não deixa espaço para a inovação de ruptura, enquanto a inovação radical é totalmente nova. Assim, classificou que as duas formas são certas, mas cada empresa tem que ver onde se encaixa.

O palestrante também enfatizou que atualmente todo mundo é a favor da inovação, mas muitas empresas prezam em destruí-la. O IEL faz o trabalho de desmistificar a inovação nas empresas, como forma de qualificar e fazer o enquadramento da inovação e discutir junto aos empresários se determinada empresa tem equipe e infraestrutura para desenvolver determinado projeto.

Complementou dizendo que a maioria das empresas pecam por não ter um diagnóstico, e que é fundamental ter ideias inovadoras e limite de crédito. Sobre a presença da inovação nas empresas, afirmou que sistemas corporativos de inovação podem ser tão eficientes e comuns quanto os sistemas da qualidade. Quanto à essa presença, Natalino Uggioni deu o recado aos empresários orientando que se a empresa não for inovadora o mercado vai dar o recado. 

Empresários preparados 
O presidente do Simec, Adilson Campos, destacou que a promoção do Diálogo da Inovação foi uma forma de auxiliar os empresários para estarem melhor preparados. Com isso, acrescentou o dirigente, será possível melhores oportunidades para as empresas inovarem, bem como terem melhor conhecimento dos recursos que são destinados ao fomento da inovação.


EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 8/08/18

Veja também

Workshop orientará no Simec sobre aspectos práticos das audiências trabalhistas 07/06/18 Aspectos práticos das audiências trabalhistas é o tema de workshop que o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) realizará no dia 21 de junho, quinta-feira da próxima semana. A iniciativa faz parte do cronograma de ações para atualização dos empresários associados......
Inspeção veicular orienta sobre riscos em automóveis22/09/16Iniciativa, que tem a participação do Simec, mostra importância da revisão preventiva      Neste sábado, 24 de setembro, será possível fazer inspeção veicular gratuita no centro de Chapecó para checar itens de segurança que são importantes para a prevenção de......
Implantação do eSocial envolve todos os empregadores06/07/15 O Sindicato das Indústrias, Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) realiza nesta terça-feira, 7 de julho, palestra que abordará o Sistema de Escrituração Fiscal Digital......

Voltar para Notícias