(49) 3323 3102
simec@simeconline.org.br
Notícias
Simec
Seja um
Associado

Notícias

Postado em 13 de Setembro de 2017 às 15h00

Taxa assistencial deve ser recolhida por empresas eletrometalmecânicas

As empresas do setor eletrometalmecânico, conforme estabelecido em aditivo à convenção coletiva, preceito Constitucional e deliberação de assembleia geral, devem recolher a segunda parcela da taxa assistencial, em favor do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), como entidade patronal. O prazo vence nesta sexta-feira, 15 de setembro.

Esse recolhimento deve ser feito pelas empresas não associadas ao Simec, já que as associadas pagam a mensalidade e ficam isentas de pagar a taxa assistencial. O pagamento deve ser efetuado em qualquer agência bancária ou nas casas lotéricas e após o vencimento apenas na Caixa Econômica Federal ou na sede do Simec. Após o vencimento os valores sofrerão acréscimos, de multa de 10% e juro de mora de 1% ao mês, e poderá ocorrer cobrança administrativa e judicialmente.

Para eventuais esclarecimentos, pode ser mantido contato com o Simec, pelo tele-fone (49)3323-3102 ou pelo e-mail simec@simeconline.org.br.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 13/09/17

Veja também

Empresários conhecerão atuação de empresa de fachadas e esquadrias21/08/18 A fim de observar o ambiente de uma empresa em pleno funcionamento, para verificar o trabalho que realiza e as experiências que detém, de forma a conhecer sua organização e dinâmica de atividades, o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) dará sequência na próxima semana às......
Chapecoense homenageada na Eletrometalmecânica09/03/18 “As palavras motivam para seguir a vida.” Foi assim que o ex-atleta Jackson Follmann, acompanhado por representantes da diretoria da Associação Chapecoense de Futebol, recebeu homenagem de uma empresa expositora da Feira e Congresso......
Artigo: Sim, senhor! Sim, senhor!09/09/16      A frase “Sim, senhor!” era bastante usada em programas cômicos do passado, até como crítica às condições intransigentes, seja no mundo político ou em grupos sociais obrigados a......

Voltar para (Notícias)