Notícias

Postado em 18 de Março de 2014 às 13h47

CNI defende custos menores para indústria impulsionar o PIB

11/03/2014

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) defende a intensificação de medidas de redução de custos, como a desoneração dos investimentos, para retomar o crescimento da indústria com mais vigor, pois o setor, conforme demonstra o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013, ainda enfrenta dificuldades. Apesar do aumento de 1,3% do PIB industrial no acumulado do ano, o setor registrou redução de 0,2% no quarto trimestre na comparação com o terceiro, queda que foi de 0,9% no caso da indústria de transformação, assinalou a Confederação.
A CNI prevê que, este ano, a economia brasileira deve continuar enfrentando dificuldades para aumentar a velocidade de expansão, provavelmente com desempenho semelhante ao de 2013. Na visão da instituição, a pouca competitividade do setor e a baixa confiança dos empresários desestimulam a elevação dos investimentos.

Fonte: www.portaldaindustria.com.br

Veja também

Todos são a favor da inovação, mas há empresas que não prezam por isso, destaca especialista 08/08 Diálogo para inovação foi tema de workshop realizado nesta terça-feira, 7 de agosto, em Chapecó. Numa iniciativa conjunta do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SC), entidade do Sistema Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) e do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), o......

Voltar para Notícias