Notícias

Postado em 17 de Janeiro às 15h17

Soluções para a indústria 4.0, ergonomia e pesquisa estarão na EletroMetalMecânica

Promover e estimular a renovação do parque fabril metalmecânico da região Oeste Catarinense, por meio de diversificadas soluções, é um dos objetivos da Feira EletroMetalMecânica, que ocorrerá em Chapecó de 6 a 9 de março, realizada pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Material Elétrico (Simec), com organização da Messe Brasil, organizadora de feiras. Entre os destaques estão as soluções que ditam o futuro da manutenção avançada por meio da indústria 4.0, tendências ergonômicas que prezam pela saúde e segurança do trabalhador e os projetos de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

A líder em tecnologia para o desenvolvimento de produtos SKA apresenta as soluções para a indústria 4.0 ou manufatura avançada. As soluções estão presentes em mais de 5 mil empresas de todos os tamanhos e segmentos, incluindo opções personalizadas de software e integração de sistemas, que conectam departamentos de engenharia de projetos e processos a outras áreas da organização. O sistema de gestão da produção está voltado à redução de custos de produção e melhoria de desempenho dos recursos disponíveis no chão de fábrica, por meio da coleta, comunicação e compartilhamento dos dados produtivos, como status e tempos reais de produção, paradas de máquina e as respectivas causas, contagem de produção, entre outros. As soluções SKA oferecem suporte aos clientes para aprimorar o desenvolvimento, manufatura e gerenciamento dos produtos.

Apertando apenas um botão a posição da mesa é modificada e permite que o funcionário alterne as atividades em pé ou sentado. Essa é uma das soluções ergonômicas da Baher que será apresentada na EletroMetalMecânica. Os produtos são pensados para as necessidades de diferentes ambientes, do industrial aos escritórios corporativos. A Baher atua também no segmento de corte com o propósito de oferecer facilidade e agilidade em todo o processo produtivo de indústrias têxteis e calçadistas, no corte de fitas, elásticos, cordões e outros produtos. Os produtos atende o mercado nacional e estão presentes em algumas empresas no exterior.

Projetos de pesquisa desenvolvidos por alunos e professores dos cursos técnicos em Mecânica, Eletroeletrônica, Eletromecânica e Engenharia de Controle e Automação do IFSC (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina) são o destaque da instituição de ensino na EletroMetalMecânica.

O IFSC estimula os alunos à pesquisa e ao desenvolvimento de tecnologias que proporcionem melhorias para empresas e a sociedade, por meio de alianças estratégicas com empresas nacionais, ICT, fundações de apoio e outras organizações interessadas em gerar produtos e processos inovadores.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 17/01/18

Assessoria de Imprensa – Messe Brasil - Simone Hülse Feuser (MTB/SC 000897)


Postado em 16 de Janeiro às 09h59

Contribuição sindical: Simec destaca importância para a representatividade

A contribuição sindical é um instrumento de fortalecimento da classe empresarial e das entidades que representam as empresas. Esse é o teor de comunicado enviado pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) às empresas do setor. A iniciativa decorre de mudanças ocorridas com essa contribuição, conforme a lei 13.467/17, que instituiu a Reforma Trabalhista, e o artigo 579 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Segundo a entidade sindical do setor eletrometalmecânico, que atua em 33 municípios da região, a contribuição serve, entre outras aplicações, para a manutenção das atividades do Simec em favor do segmento, como a negociação de convenções coletivas. Além disso, são disponibilizados convênios, assessorias, cursos e palestras. Com o título “Empresário, valorize sua representatividade”, também foi enviada mensagem às empresas do setor.

O presidente da entidade, Adilson Campos, assinala que a Reforma Trabalhista, ao mesmo tempo em que tornou facultativo o recolhimento da contribuição sindical, deu maior importância ao “negociado sobre o legislado”. Ou seja, “o que é estabelecido quanto aos parâmetros de uma negociação repercute sobre todo o setor, sejam as empresas associadas ou não”, argumenta o empresário.

Fiesc esclarece

Comunicado emitido pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) esclarece que o desconto da contribuição sindical está condicionado à autorização prévia e expressa dos que participarem de uma determinada categoria econômica ou profissional em favor do sindicato representativo, na conformidade do artigo 591 da CLT.

De acordo com a federação, firmas ou empresas industriais podem recolher, “facultativamente, a Contribuição Sindical de 2018, durante o mês de janeiro, de conformidade com o que dispõe a legislação em vigor e que consiste em importância proporcional ao capital registrado”. Acrescenta a Fiesc que o recolhimento deve ser feito até 31 deste mês, na Caixa Econômica ou em estabelecimento bancário integrante do siste-ma de arrecadação dos tributos federais.

Impressão da guia
A impressão da guia, pelas empresas ou por seus contadores, pode ser feita no endereço sindical.sistemaindustria.org.br.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 16/01/18


Postado em 12 de Janeiro às 15h03

Simec tem nova diretoria para 2018/2020

Simec - Chapecó/SC O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) tem, a partir deste mês, uma nova diretoria, para o período 2018/2020. São 37...

O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) tem, a partir deste mês, uma nova diretoria, para o período 2018/2020. São 37 empresários e empresárias que integram a diretoria executiva, o conselho fiscal e delegacias regionais da entidade, que tem representação em 33 municípios do Oeste de Santa Catarina.

Como presidente conduz a diretoria o empresário Adilson Campos, enquanto o vice-presidente é Mário Luís Nóri de Oliveira. A diretoria executiva é formada também pelos seguintes dirigentes: Diretora Secretária - Nerdélis Stefanello Muniz; Diretora Secretária Adjunta - Valquiria Kinder Oliveira; Diretor Financeiro - Lázaro Luiz Hemeque; Diretor Financeiro Adjunto - João Júnior Correa Daleaste; Diretor de Patrimônio - Sérgio Antônio Soletti; Diretora Social - Ivanete Terezinha Matte; Diretora de Relações Trabalhistas - Anilete Zen Rissi e Diretor Ambiental - José Almir Martins.

As diretorias setoriais estão assim compostas: Estruturas Metálicas - Edenilson Rossetto; Elétricas - Evandro de Souza; Eletromecânicas Automotivas - Adilso Dorini; Implementos Rodoviários e Agrícolas - José Nilo de Souza; Usinagens - José Paulo Dal Pont; Equipamentos Frigoríficos - Orly Bernardes; Refrigeração e Climatização - Jair José Mantelli; Fundição e Revestimentos Metálicos - Claudino Portilhiotti; Máquinas e Equipamentos - Adílio Linhares; Montagem e Manutenção Industrial - Vanessa Ferreira da Silva; Automação Hidráulica e Pneumática - Nei Roberto Hermes; Perfilados, Corte e Dobra - Carlos José Martinelli; e suplente - Lenoir Carminatti.

O Conselho Fiscal tem como membros efetivos Fábio Daron Ganassini, Magna Anzolin e Vera Silvana Rosa e como suplentes Leodir Antônio Parizotto, Nelson Eiji Akimoto e Wanderley Esganzela. Além disso, o Simec possui delegados regionais em Coronel Freitas (Eliane Tecchio Gasparin), Palmitos (Anestor Bierende), Pinhalzinho (Débora Matte), Quilombo (Jocemar Bogoni), São Carlos e Águas de Chapecó (Roberto Carlos Cardoso da Silva), Maravilha (Eduardo Miguel Simon) e São Lourenço do Oeste (Aristides de Conto).

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 12/01/18


Postado em 09 de Janeiro às 15h47

EletroMetalMecânica terá espaço de conhecimento e network

Associar o conhecimento aos negócios e à inovação tecnológica dos parques fabris é um dos objetivos da EletroMetalMecânica, que ocorrerá de 6 a 9 de março em Chapecó. Para tanto, foi estabelecida parceria com a Unoesc Chapecó e o Senai, que idealizaram o espaço “EletroMetalMecânica – Conhecimento e Network”, para oportunizar aos expositores e visitantes um local de qualificação e atualização, além de possibilitar a ampliação da rede de relacionamento. “Criamos uma ampla programação paralela à feira com palestras, oficinas e interação entre profissionais, possibilitando a geração de negócios e a atualização técnica”, comenta o professor Gilberto Pinzetta, da Unoesc.

O evento, promovido pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico (Simec) e organizado pela Messe Brasil, ocorrerá em um cenário de crescimento e especialização do setor metalmecânico na região, em equipamentos para frigoríficos, fabricação de móveis, papel e celulose. O setor eletrometalmecânico concentra mais de 10% das empresas do Oeste Catarinense e nas cidades de Chapecó, Xanxerê e Concórdia esse índice alcança os 57%.

Segundo Pinzetta as indústrias produzem equipamentos com tecnologia mundial para a agroindústria, sistemas de refrigeração e transporte refrigerado, atendendo a agricultura e a manutenção industrial de alto nível para equipamentos diversos, utilizados em diferentes segmentos de atividade. “Esse contexto justifica a importância de oportunizar aos visitantes um espaço na feira que traga máquinas e equipamentos, associado a informações técnicas e atualizações para os profissionais do segmento”, reforça.

A programação
No dia 6 de março, terça-feira, às 19h, haverá palestra com o tema “Agir 4.0”, com Jefferson de Oliveira Gomes, do Senai/SC e professor do Ita. No dia seguinte, também no mesmo horário, a palestra será sobre “Inovação na Automação - IIoT + Indústria 4.0”, com Marcílio Antônio Viana Pongitori, mestrando em Engenharia Mecânica, engenheiro químico, técnico nuclear e diretor da Dynamis Automação e Cursos.

Para quinta-feira, dia 8 de março, também às 19h, estão programadas apresentações sobre o tema “Inovação eficiente: a propriedade intelectual como ferramenta para inovar no setor metalmecanico – printe/Facisc” e “Programa de qualificação para Exportação/Peiex oportunidades para o setor metalmecanico”. Ainda na programação, entre os dias 6 e 9 estará presente, no período vespertino, a Unidade Móvel Senai, com minipalestras, minicursos e demonstrações.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 9/01/18
Assessoria de Imprensa/Messe Brasil - Simone Hülse Feuser (MTB/SC 000897)